Caminhada Exclusiva à Ilha paradisíaca do Malagueiro

4 de Julho 9:00H – ESGOTADO
5 de Julho 9:00H – ESGOTADO
27 junho 17:30H – ESGOTADO
28 de junho 17:30H – ESGOTADO
20 de junho 9:00H – ESGOTADO
21 de junho 9:00H – ESGOTADO
26 de Setembro 17:00H – ESGOTADO
3 Outubro 09:30H

Preço por Adulto : 10,00€
Crianças até 12 anos Grátis
Preços Especiais para Famílias
Preços Especiais para Sócios APDF

Caminhada à Ilha do Malagueiro

Natureza em estado Puro numa Caminhada de Acesso Privado Exclusiva APDF

A Caminhada na Privada Ilha do Malagueiro oferece uma oportunidade única de visitar  um local paradisíaco no estuário do Tejo! Quem pensa que precisa de ir para países exóticos está enganado. Esta ilha privada no Estuário do Tejo, irá proporcionar-lhe momentos inesquecíveis, ao desfrutar de uma beleza natural em estado puro, repleta de uma energia tão boa que o irá deixar completamente em paz. Iniciamos a caminhada no Convento de Jericó, depois penetramos na lezíria, e aí poderemos apreciar a beleza que o Tejo nos oferece, pois caminharemos num pequeno valado, até à Ilha do Malagueiro.

Caminhada Segura – Regras Específicas DGS

Limpar

Informação adicional

Data

3 de outubro

Ponto de Encontro - Caminhada à Ilha do Malagueiro

Hora

Caminhada Manhã – 9h00 
Caminhada Tarde – 17:30

Ponto de Partida/Chegada:

Junto à entrada do Convento de Jericó (entre Benavente e Salvaterra de Magos)

Início

Manhã – 09h15
Tarde – 17h45

Final Previsto

Manhã – 12h45
Tarde – 21h00

Aspectos Gerais

Inscrição inclui:
Seguro

Guia certificado em percursos pedestres

José Pastoria
José Pastoria

Distância

9,0km aprox.

Dificuldade

Fácil

Desnível

Não significativo

Duração

Aprox. 3,3 horas

Sobre a Caminhada à Ilha do Malagueiro

Convento de Jericó

Iniciamos a caminhada no Convento de Jericó, este provavelmente à diferente de todos os conventos que já puderam ter a oportunidade de conhecer, pois apenas lhe restam os muros e uma pequena, mas muito especial capela dedicada à fé do São Baco. Ainda hoje em dia todas as quartas feiras, dia em que a capela está aberta ao público, muitas são as pessoas que se deslocam ao Convento para terem o seu momento de paz junto a este tão adorado Santo.

Os primeiros quilometros serão transportam-nos através de campos agrícolas de perder de vista .

Lezíria do Tejo

Depois penetramos na lezíria, e aí poderemos apreciar a beleza que o Tejo nos oferece, pois caminharemos num pequeno valado, com cerda de 2m de elevação que acompanha o rio durante cerca de 3km e nos possibilita ter uma paisagem simplesmente maravilhosa desta tão importanmte rio.

Ilha do Malagueiro

No final deste valado, aparece a Ilha do Malagueiro, com todo o seu explendor, este é um local que apenas visitando se pode realmente ter a noção da sua beleza. A passagem para dentro da ilha é logo muito especial, pois como o nome indica, uma ilha deixa de ter ligação às margens. Existe um dique feito de pedra que quando a maré está vazia funciona como ponte e permite que assim se consiga entrar dentro da ilha.
Lembro-me quando era muito pequeno e não existia este dique a passagem era feita de barco a remos através do antigos barcos do tejo. Nessa altura habitava na casa da ilha um casal, o Sr. Jorge e a Sra. Maria que cuidavam da ilha e eram eles que conduziam o barco para podermos passar.

Nesta ilha pastam várias dezenas de cavalos em estado selvagem, se tiovermos sorte poderão brindar-nos com imagens dignas de quadros. As manadas estão habituadas a vir até nós, mas neste caso e como o grupo é grande é muito normal que se mantenham à distância.

Na ilha temos acesso a um tipo de paisagem que já não existe, pois a intervenção humana é minima e existem muitos locais onde simplesmente não se consegue ir por causa do tipo de solo. Lembro que esta ilha tem cerca de 120 hectares que equivalem ao tamanho de 120 campos de futebol, é enorme.

Devido ao facto desta ilha ser privada, não existe outra forma de a visitar, sendo esta uma ocasião única para o fazer. Convidamo-lo assim a vir connosco visitar este pequeno paraiso às portas de Lisboa onde ainda existem mandadas de cavalos em estado semi selvagem, um verdadeiro tesouro.

Precisa de Ajuda?